O X da questão

Padrão

Ela tem paciência.

Ela escuta o menino.

Ela o respeita ao extremo.

Ela confia no potencial dele.

Ela aguarda.

Ela controla a própria ansiedade.

Ela torce por ele, mas não o pressiona.

Ela o admira em seus limites.

Ela o enxerga para além deles.

Ela deixa que tenha o seu espaço.

Ela suporta a bagunça.

Ela apenas observa a sujeira.

Ela devolve suas perguntas.

Ela não interrompe seus processos.

Ela permite que ele seja o que é.  

Ela é sua primeira amiga.

 

Qual a diferença entre AXLINE* e ALINE?

Apenas um X. O X da questão.

 

*AXLINE, Virginia M. Dibs: em busca de si mesmo. Rio de Janeiro: Agir, 1990. 16ª ed.

Recomendo fortemente este livro, original de 1964, a todos os interessados no desenvolvimento infantil. E às pessoas sensíveis, que admirem o ser humano. Com muita gratidão à autora e a fonoaudiólogas especiais com quem tive o prazer de trabalhar, especialmente à Lili.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s